COMIGO ( GO) inaugura novas indústrias

08/01/2015

Quatro empreendimentos elevam capacidade produtiva da Cooperativa nas áreas de óleo de soja, rações, laticínio e fertilizantes

No próximo dia 11 de janeiro (domingo), a COMIGO – Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano inaugura, em Rio Verde (a 231 km de Goiânia) mais quatro empreendimentos que vão elevar sua capacidade produtiva nas áreas de óleo de soja, rações, laticínio e fertilizantes. O evento será realizado às 11 horas, no Complexo Industrial – BR-060, km 389, saída para Jataí. O investimento nessas quatro unidades foi de R$ 213 milhões.

A Fábrica 1 de esmagamento de soja, inaugurada em 1983, foi completamente modernizada, cuja capacidade saltou de 1 mil toneladas/dia para 3 mil toneladas/dia. A unidade, inclusive, recebeu um novo extrator de óleo de soja. Assim, com as duas indústrias que possui, a COMIGO terá capacidade total de esmagamento de 5,5 mil toneladas por dia.

No setor de rações, uma nova fábrica foi construída, com capacidade nominal de 60 toneladas por hora de rações fareladas, preparadas para aves e suínos. Essa mesma fábrica tem mais duas opções de produção: rações peletizadas (25 t/h), atendendo animais como equinos e coelhos; e rações extrusadas (20 t/h), para a produção de alimentos destinados a cães e peixes, um mercado em crescimento.

Também com duas unidades produtivas de rações – a primeira fábrica produz para ruminantes (bovinos, caprinos e ovinos, além de avestruzes) -, a capacidade total da Cooperativa no setor atingirá 110 toneladas/hora.

No laticínio, seguindo os padrões mais exigentes de qualidade, a estrutura da unidade foi ampliada, passando a produzir o leite Longa Vida (UHT) integral, desnatado e sem lactose. A capacidade de produção dobrou e passou a ser de 250 mil litros por dia de leite processado.

Na industrialização, todo o sistema de preparo (pasteurizador, homogeneizador, esterilizador e tanque asséptico) e envase de embalagens cartonadas SIG têm velocidade média de 11 a 12 mil unidades de 1 litro por hora. É uma estrutura automatizada e uma das mais modernas da indústria láctea brasileira. A Cooperativa ainda produz queijos, manteiga, doce de leite e bebidas lácteas.

Com controles totalmente automatizados, a nova e ampla fábrica de fertilizantes da COMIGO impressiona pelo tamanho, ocupando área total de 26 mil metros quadrados. A capacidade produtiva agora é de 240 toneladas por hora, o dobro do processo anterior.

Nessa unidade, há 18 boxes para matérias-primas, sendo 12 com capacidade de 7.500m3 e seis com 3.750m3, elevando a capacidade de armazenagem interna e reduzindo custos com armazenagem no porto. Os fertilizantes são comercializados em embalagens de big bag (sacolões de 1.000 quilos), colocados diretamente nos caminhões, ou em sacarias de 50 quilos, que também são levadas por esteira até os caminhões.

Ampliação e modernização

Nos últimos quatro anos, a COMIGO investiu mais de R$ 400 milhões na ampliação e modernização de suas indústrias, armazéns e lojas agropecuárias, aproveitando o bom momento do agronegócio. Parte das obras já foi concluída e, oficialmente, já entraram em operação em várias cidades de sua área de ação.

Segundo o presidente da COMIGO, Antonio Chavaglia, os investimentos foram feitos com o apoio dos cooperados e com o intuito de gerar melhorias de atendimento e de renda para a Cooperativa, cujo resultado é revertido ao próprio associado.

“Elevamos a capacidade produtiva de várias indústrias e agregamos valor aos nossos produtos, com uma estrutura moderna e dinâmica. Também abrimos novas lojas e armazéns. Estamos dando o exemplo de que acreditamos em um país produtivo, cujo agronegócio assegura superávit constante na balança comercial do Brasil. Vale ressaltar que não podemos deixar a Cooperativa envelhecer, temos sempre que renovar, adequar e evoluir”, diz Chavaglia, um dos fundadores da Cooperativa.

Outras obras entregues nos últimos quatro anos

• Ampliação da unidade armazenadora de Caiapônia, em 36 mil toneladas

• Ampliação da unidade armazenadora Cinquentão, em Santa Helena, em 54 mil toneladas

• Ampliação da unidade armazenadora de Montes Claros de Goiás, em 36 mil toneladas, inclusive tombador e secador

• Ampliação da unidade armazenadora Estrela Dalva, em Jataí, em 18 mil toneladas

• Construção da loja agropecuária em Palmeiras de Goiás

• Reforma geral do prédio da Sede Administrativa, em Rio Verde, inclusive instalando dois elevadores e novo layout interno

• Construção de uma unidade armazenadora na região Ponte de Pedra, em Rio Verde – capacidade 72 mil toneladas

• Construção de uma unidade armazenadora na região de Bom Jardim, em Jataí – capacidade 72 mil toneladas

• Construção da nova loja agropecuária em Montes Claros

• Instalação de Nova Caldeira, em Rio Verde, utilizando novos combustíveis: bagaço de cana e cavaco de lenha

• Construção de mais um armazém em Paraúna, ampliando a capacidade em 55 mil toneladas

• Aumento da frota de caminhões (21 veículos) para auxiliar nos transbordos e na entrega de produtos industrializados

• Construção de depósitos de insumos na UBS (Rio Verde) e em Montividiu

• Aumento da capacidade de processamento de casquinha de soja (Rio Verde)

• Modernização e aumento da capacidade de recepção e secagem de grãos nas unidades de Acreúna, Santa Helena, Montividiu, Paraúna, Rio Verde

• Construção do novo laboratório industrial

• Investimentos no setor de informática, inclusive instalação de sala-cofre para dar mais segurança às informações (Rio Verde)

• Novo sistema de moagem e ensaque de farelo de soja, ampliando o processamento, em Rio Verde

• Modernização da fábrica de suplemento mineral, localizada no município de Jataí, com capacidade de produção de 130 ton/dia. Construção de uma nova fábrica de suplemento mineral em Montes Claros de Goiás (220 ton/dia). As duas estruturas somadas (Montes Claros e Jataí) produzem um total de 350 ton/dia

Sobre a COMIGO

A COMIGO foi fundada em Rio Verde-Goiás por 50 produtores rurais do Sudoeste goiano que estavam dispostos a mudar o perfil da agropecuária regional, instituindo novos conceitos de produção e de comercialização. Incentivou o uso de insumos modernos, de tecnologias inovadoras, instalou um grande sistema armazenador e partiu para a transformação de matérias-primas.

Além de Rio Verde, onde se situa a sede administrativa e o complexo industrial, a COMIGO hoje está instalada diretamente em mais 12 municípios (Jataí, Montividiu, Serranópolis, Santa Helena, Acreúna, Indiara, Jandaia, Paraúna, Palmeiras de Goiás, Iporá, Caiapônia e Montes Claros), com lojas agropecuárias, produção de suplementos minerais (Jataí e Montes Claros) e unidades armazenadoras.

Em sintonia com o desenvolvimento de atividades produtivas sustentáveis, realiza diversas ações ambientais como: Prêmio Gestão Ambiental Rural COMIGO, reflorestamento, tratamento de efluentes industriais, reaproveitamento de resíduos sólidos, entre outras.

No último ano, a COMIGO registrou um faturamento de R$ 2,5 bilhões e elevou sua capacidade de armazenamento de grãos para 1,4 milhão de toneladas. Mais informações em http://www.comigo.com.br.

Cooperados

Nestes quatro anos, o aumento do quadro social e funcional da COMIGO também merece destaque. No primeiro caso, o incremento foi de mais de 30%, atingindo hoje a marca de 6.528 cooperados. A geração de empregos também foi relevante e cresceu em mais de 35%, atingindo 2.300 funcionários diretos.

Pelo seu desempenho, a COMIGO recebeu importantes homenagens em 2013 e 2014: Campeã Nacional do Setor Agropecuário, pelo jornal Valor Econômico; e também do Setor de Grãos, pela revista Exame; Destaque Nacional em Cooperativa Agrícola, pela revista IstoÉ Dinheiro Rural; e do Setor Oleaginosas, pelo Fórum Lide Agronegócio.

Hoje, com 40 anos (completa em julho/2015), sólida e dinâmica, a Cooperativa segue cumprindo sua missão, planejando e criando alternativas para se viver melhor.

Sobre a TECNOSHOW COMIGO

Há 14 anos nasceu o conceito da feira de tecnologia rural, que logo passou a ser um referencial em todo o Centro-Oeste. A cada edição, a feira, hoje denominada TECNOSHOW COMIGO, não só apresenta experiências tecnológicas realizadas por diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas que auxiliam o produtor rural, mas reúne expositores de grandes segmentos do setor agropecuário, em uma área montada em 60 hectares com completa infraestrutura. Mais informações em http://www.tecnoshowcomigo.com.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação da COMIGO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: