BRF diz que vai recorrer de decisão da Justiça sobre cota de aprendizes

08/02/2016

A BRF S.A. informou nesta sexta-feira (05) que irá recorrer da decisão da Justiça do Trabalho de Pernambuco que condenou a empresa a pagar multa de R$ 250 mil e contratar aprendizes, alegando que a companhia não atendia a cota mínima exigida por lei.

“A BRF informa que atende a cota de contratação de menores aprendizes na região, conforme determina a legislação vigente”, informou a empresa em nota enviada à CarneTec. “Diante deste fato, a companhia vai recorrer da decisão”.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) informou nesta semana que a BRF foi condenada, em decisão proferida pela juíza titular da 8ª Vara do Trabalho do Recife, Andrea Keust Bandeira de Melo, a pagar multa como reparação por dano causado à coletividade “ao não promover a profissionalização de jovens que necessitam ingressar no mercado de trabalho.” A empresa ainda teria de contratar no mínimo nove jovens dentro do prazo de 60 dias.

Segundo o MPT, a BRF já havia argumentado que a exigência de contratação de número adicional de aprendizes não estava adequada à quantidade de empregados com formação profissional na empresa.

Por Anna Flávia Rochas

Fonte: CarneTec

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: