Café: Após atingir US$ 1,23/lb na semana passada, Bolsa de NY cai quase 500 pts nesta 2ª feira

08/02/2016

Os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) fecharam esta segunda-feira (8) com queda acima de 400 pontos nos principais vencimentos. De acordo com agências internacionais, os preços no terminal externo foram ajustados com operadores na expectativa de que as vendas do Brasil e do Vietnã, que estão em meio a feriados, ganhem força na segunda metade da semana.

Os lotes com vencimento para março/16 fecharam a sessão de hoje cotados a 115,75 cents/lb e 465 pontos de queda, o maio/16 anotou 117,95 cents/lb com recuo de 445 pontos. Já o contrato julho/16 registrou 119,95 cents/lb com baixa de 430 pontos e o setembro/16 teve 121,75 cents/lb com 410 pontos negativos.

Nas últimas sessões, os lotes com vencimento para março/16 chegaram ao patamar de US$ 1,23 por libra-peso. A queda do dólar ante outras moedas acabou favorecendo a sustentação das cotações. No entanto, nesta semana, em meio ao Carnaval no Brasil, o financeiro só volta ao trabalho na quarta-feira (10). Os negócios com café no mercado físico brasileiro e na BM&FBovespa também não acontecem. O Vietnã, maior produtor de robusta e o segundo maior de café, está em meio ao feriado do ano novo lunar (Tet) durante toda esta semana.

Diante desse esvaziamento no mercado dos principais países exportadores, os operadores na Bolsa de Nova York esperam que as vendas ganhem fôlego extra na volta dos trabalhos. “Acredito que será uma semana morna para os negócios no Brasil, ainda mais com o Vietnã fora do mercado por alguns dias”, disse um trader europeu à agência de notícias Reuters.

Para o analista do banco Société Générale, Rodrigo Costa, o mercado do café deve continuar atento ao câmbio nos próximos dias. “Caso o dólar continue se desvalorizando ante a moeda brasileira, podemos ter cotações do café voltando ao patamar do final do ano, em cerca de US$ 1,30/lb”, afirma. Tecnicamente, os futuros do arábica mostravam sinais construtivos na semana passada, após se sustentar acima de 120,00 cents/lb.

No cinturão produtivo do Brasil, a safra 2016/17 de café continua tendo bom desenvolvimento. De acordo com a Somar Meteorologia, chuvas isoladas devem ser registradas nesta segunda-feira entre os estados do Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Após o Carnaval, uma frente fria causa chuva intensa e persistente sobre todas as áreas produtoras.

No mercado físico brasileiro, os preços se mantiveram praticamente estáveis na semana passada. Alguns compradores diminuíram o valor de suas ofertas, dificultando o fechamento de negócios. Na sexta-feira (5), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 496,82 e queda de 0,53%.

Bolsa de Londres

As cotações do café robusta na Bolsa de Londres (ICE Futures Europe), antiga Liffe, também recuaram forte nesta segunda-feira. O contrato março/16 registrou US$ 1389,00 por tonelada com queda de US$ 38, o maio/16 teve US$ 1417,00 por tonelada e recuo de US$ 37 e o vencimento julho/16 anotou US$ 1447,00 por tonelada com desvalorização de US$ 34.

Na sexta-feira (5), o Indicador CEPEA/ESALQ do café conillon tipo 6, peneira 13 acima, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 401,58 com avanço de 0,30%.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: