Café: Em Nova York, mercado devolve altas e fecha em campo negativo nesta 3ª ainda com pressão do financeiro

09/02/2016

A sessão desta terça-feira (9), que começou com algumas altas para os futuros do café arábica negociados na Bolsa de Nova York, terminou o dia com novas baixas que passaram dos 100 pontos entre os principais vencimentos ao longo do dia. No final do pregão, as baixas variavam de 80 a 100 pontos, com o março/16 caindo para 114,95 cents por libra-peso. Apenas o contrato setembro/16 segue atuando com o patamar dos 120 cents.

O dia foi negativo, porém, para todas as commodities, novamente, com a pressão do mau humor do mercado financeiro ainda pesando severamente sobre os negócios. Além disso, faltam novidades entre os fundamentos neste momento que pudessem amenizar essa pressão.

Nesta terça, as ações europeias voltaram a recuar e bateram no menor nível em mais de dois anos na sétima sessão consecutiva de quedas. Os grandes bancos internacionais estão na mira dos investidores e, portanto, gerando muita preocupação. “O índice teve a sétima queda seguida, a pior perda semanal desde 1998, com investidores preocupados com a ameaça à lucratividade dos bancos e força do capital de margens comprimida por taxas de juros”, como noticiou a agência Reuters.

E assim, como explicam os analistas, cresce o sentimento de aversão ao risco entre os investidores, que buscam ativos mais seguros e deixam suas posições naqueles que serão mais arriscado, como as commodities agrícolas.

Paralelamente, nesta semana ainda faltam ao mercado os dois maiores produtores e participantes mundias do mercado do café, que são Brasil e Vietnã. Ambos estão fora em funçao dos feriados, respectivamente, do Carnaval e do Ano Novo Lunar. Assim, a expectativa dos analistas e traders é de que o ritmo dos negócios ganhem um pouco mais de força nos próximos dias.

Para o analista do banco Société Générale, Rodrigo Costa, o mercado do café deve continuar atento ao câmbio nos próximos dias. “Caso o dólar continue se desvalorizando ante a moeda brasileira, podemos ter cotações do café voltando ao patamar do final do ano, em cerca de US$ 1,30/lb”, afirma. Tecnicamente, os futuros do arábica mostravam sinais construtivos na semana passada, após se sustentar acima de 120,00 cents/lb.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: