Seca deixa 38% da população da Somália em “terrível” risco de fome, alerta FAO

09/02/2016

A falta de chuvas e a seca que afeta o norte da Somália colocou 4,7 milhões de somalis, 38% da população, em situação de insegurança alimentar, definida como “terrível”, alertou nesta segunda-feira a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

Um estudo de campo elaborado pela Unidade de Segurança Alimentar e Análise de Nutrição para a Somália (FSNAU), vinculada à FAO, e a Rede de Sistemas de Alarme Antecipado de Crise de fome (FEWS NET), revelou que 931 mil pessoas estão em situação de crise, a maior parte deslocados internos.

“Os números falam por si só”, explicou o diretor de FAO Somália, Richard Trenchard, que definiu a situação como “terrível” e com perspectivas de piorar em Puntlandia e Somalilândia, já que a temporada de chuvas só começará no final de março, início de abril.

Leia a notícia na íntegra no link do site da Veja, abaixo:
http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/seca-deixa-38-da-populacao-da-somalia-em-terrivel-risco-de-fome-alerta-fao

Fonte: Veja

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: