O Caminhão do Leozão – Móveis do sítio foram pagos pela OAS em dinheiro vivo

10/02/2016

Reportagem do Estadão traz detalhes do depoimento ao Ministério Público do funcionário da Kitchens que cuidou da venda de móveis e eletrodomésticos para o tríplex de Guarujá e para o sítio de Atibaia frequentado por Lula e sua família — aqueles que não são dele, sabem?

Vamos lá.

1: a primeira parcela do pagamento foi feita por Paulo Gordilho, ex-executivo da OAS: R$ 50 mil, em dinheiro vivo;

2: o total da compra para o sítio: R$ 180 mil;

3: as demais parcelas foram pagas também em dinheiro, na própria loja;

4: só em mobiliários e eletrodomésticos para a cozinha, foram R$ 130 mil. Também se compraram móveis para a área de serviço;

5: a Kitchens não foi autorizada a entrar para fazer a medição; teve de se contentar com uma planta;

6: o funcionário da Kitchens confirmou que a OAS também comprou cozinha e armários para o tríplex no Guarujá. Nesse caso, o pagamento foi feito por transferência bancária.

O sítio, como se sabe, pertence, oficialmente, a dois sócios de Lulinha, filho de Lulão: Fernando Bittar e Jonas Suassuna.

Vai ver a OAS gosta muito deles, sei lá… Ou, segundo a exótica explicação de Gilberto Carvalho, a empreiteira quis dar um presente a Lula e resolveu fazê-lo investindo no sítio dos amigos dos filhos…

Sabe como é… Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, é amigo pessoal de Lula. E amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves. É o Caminhão do Leozão.

A cada dia, a história se torna mais ridícula!

Blog Reinaldo de Azevedo

Fonte: veja.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: