IMEA aponta fatores que podem limitar negócios com milho este mês em MT

11/02/2016

“A pauta é a cautela. A comercialização do milho 14/15 avançou no último mês 1,8 p.p. em relação ao mês de dezembro passado.

As negociações realizadas em janeiro concentraram-sese basicamente no mercado interno, principalmente puxadas pela demanda dos confinamentos e das granjas de suínos e aves, limitando-se os negócios para exportação a casos pontuais. Com relação à safra 15/16, cerca de 56,7% já estão comprometidos, tendo o último mês registrado o maior preço médio de vendas da safra, de R$ 18,34/sc”. A análise é dos economistas do IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária.

“Entretanto, isso não foi fator forte o suficiente para impulsionar o ritmo das negociações, visto que o mês registrou o menor volume de vendas até o momento, de apenas 261 mil toneladas. Desta forma, observa-se que o produtor está mais cauteloso por já estar bastante comprometido para a safra 15/16. Isso, somado às atenções voltadas para a semeadura, pode limitar novamente os negócios em fevereiro”, concluem, no boletim semanal, divulgado há poucos dias.

O preço do milho no mercado iterno apresentou alta de 3,14%, na média da última semana. Isso deve-se principalmente ao mercado interno, que tem puxado as cotações para cima.

O milho negociado na BM&F com vencimento para março/15 fechou o mercado com alta de 1,52% cotado a R$ 40,65/sc na média da semana passada, informa o IMEA.

Fonte: Só Notícias/Agronotícias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: