Depois de forte baixa, preços do açúcar encerram a semana valorizados em NY

15/02/2016

Depois de uma forte baixa, os preços do açúcar voltaram a subir na bolsa de Nova York na última sexta-feira (12.02). No vencimento março/16, a commodity teve alta de oito pontos e foi cotada a 13,15 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/16, a valorização foi de 10 pontos e no lote julho/16, de sete pontos.

Para o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa, o quadro otimista que se pintava no final de 2015, com perspectivas de melhores preços para o açúcar (em centavos de dólar por libra-peso) dissipou-se no início de 2016 devido particularmente a dois fatores fundamentais que impactaram a formação de preço do açúcar em NY: a queda vertiginosa do preço do barril de petróleo no mercado internacional e a desvalorização acentuada do real em relação ao dólar. A cereja do bolo fica a cargo do cenário macro que piorou muito para as commodities.

“A queda do barril de petróleo fez mudar a visão por parte dos participantes do mercado de açúcar de que a safra do Centro-Sul para 2016/2017 seria mais alcooleira. Em tese, a diminuição da rentabilidade do etanol em função da queda do preço de importação da gasolina faz com que as usinas privilegiem a produção de açúcar”, explicou Corrêa.

Em Londres, a semana terminou em baixa. Os negócios foram firmados em US$ 382,50 a tonelada, recuo de 3,60 dólares.

Nos outros lotes, a retração da commodity oscilou de 0,20 a 2,20 dólares.

Os analistas consultados pelo jornal Valor Econômico calculam que serão entregues entre 200 mil e 300 mil toneladas de açúcar, sendo a América Central a principal origem. Nick Penney, da Sucden Financial, estima que 300 mil toneladas tenham sido entregues, conforme dados de contratos em aberto na ICE. Outro trader estimava entre 200 mil e 250 mil toneladas, principalmente da Guatemala.

Mercado doméstico

Em São Paulo, segundo as informações do Cepea/Esalq, da USP, os preços do açúcar caíram 0,27% na sexta-feira. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 81,59.

Autor: Patrícia Mendonça

Fonte: União dos Produtores de Bioenergia (UDOP)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: