Heathrow aumenta volume de cargas e pede expansão ao Primeiro Ministro

15/02/2016

Enquanto alguns aeroportos europeus registraram queda, os dois principais portos de entrada da Inglaterra tiveram aumento no volume registrado em janeiro.

2016_02_15_heathrow-150x150
Os volumes de carga aérea nos aeroportos de Bruxelas e Frankfurt registraram quedas na comparação anual verificada nos relatórios publicados em janeiro. Londres, por sua vez, teve aumento na movimentação de cargas tanto em Heathrow quanto no Stansted Airport, na comparação com os números alcançados em 2015.

Bruxelas movimentou 36.394 toneladas de cargas no mês, um volume 2,4 vezes menor do que no ano anterior. De acordo com a administração aeroportuária, a queda aconteceu por conta do declínio geral do segmento de carga cheia do aeroporto, que ainda está se recuperando da saída da Ethiopian Cargo, que não conseguiu os obter direitos de tráfego aéreo necessários para permanecer na atividade no aeroporto.

O aeroporto de Frankfurt, por sua vez, movimentou 159.650 toneladas de carga em janeiro, praticamente o mesmo volume registrado no ano passado, com 0,1% de declínio, de acordo com a administradora do Fraport.

Já os volumes registrados em Londres aumentaram em dois de seus principais aeroportos: London Stansted Airport cresceu 10% em relação a 2015, chegando a 20.260 toneladas. Heathrow também teve aumento da ordem de 2,9%, com 119.214 toneladas movimentadas no mês. O aeroporto credita os resultados à intensificação do comércio do país com o México e a China. O México foi o principal destino de envio de cargas a partir de Heathrow, registrando, em março de 2015, um aumento de 53%. Para a China, o mês de maior movimento foi agosto, com aumento de 8,6% nos volumes embarcados. A administração diz que novas rotas, como as da Vietnam Airlines para Hanoi e Ho Chi Minh, bem como os novos voos da British Airways para Kuala Lumpur, chegaram a aumentar o fluxo de cargas para o leste asiático em até 26% na comparação com janeiro de 2015.

Expansão
De acordo com o presidente da administração aeroportuária, John Holland-Kaye, “com o recorde de passageiros e mais o aumento expressivo do volume de cargas, o ano de 2016 começou bem para Heathrow, o maior porto de entrada do país”. O executivo espera expandir as instalações com 40 novas conexões para viagens de longa distância, de olho na transferência da Garuda Indonésia, prestes a passar suas operações de Gatwick para Heathrow no próximo mês de março, quando o primeiro serviço non-stop para Jacarta vai permitir que pequenas e médias empresas britânicas tenham acesso direto à maior economia do sudeste asiático.

“Com a expansão, abriremos 40 novos elos de ligação para o país, viabilizando às empresas britânicas as operações de exportação para os mercados que mais crescem no mundo. Assim, poderemos ajudar o governo a reequilibrar nossa economia. Se o Primeiro Ministro nos acenar positivamente, vamos corresponder”, completou Holland-Kaye.

Cleci Leão

Fonte: Guia Marítimo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: