Projetos da ZPE de Cáceres devem ser entregues até o final do mês para Governo do Estado

17/02/2016

caceres-marcos-vergueiro-secom-mt(1)
Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Os projetos da primeira etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Cáceres devem ser entregues até o final do mês ao Governo de Mato Grosso. Próximo passo, após a entrega dos projetos, é iniciar os trâmites legais para o lançamento do edital de licitação das obras da primeira fase, cujo valor previsto, a princípio, é de R$ 16 milhões.

Os projeto executivos e complementares da ZPE de Cáceres já estão prontos e passam por alguns ajustes. Para a Secretaria de Estado de Cidades (Secid) deverão ser entregues pela Prefeitura de Cáceres os projetos complementares, visto a Secretaria ter ficado responsável pela execução das obras. No caso do projeto executivo, a empresa contratada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) deverá apresentar o mesmo ao Governo de Mato Grosso.

A ZPE de Cáceres, um distrito industrial incentivado, possui 239,68 hectares que serão divididos em cinco módulos. O projeto para a sua construção, que se alastra há cerca de 30 anos, está orçado em R$ 60 milhões.

O primeiro módulo da ZPE de Cáceres deverá ter sua implantação realizada até o final de 2016. O prazo para a implantação vencia em dezembro de 2015, porém foi prorrogado após solicitação do Governo de Mato Grosso junto ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), caso contrário o Estado teria perdido a concessão para implantar a ZPE.

De acordo com o secretário da Sedec e presidente do Conselho Administrativo da Azpec, Seneri Paludo, os projetos estão prontos e já passaram pela análise da Secid. Ele destaca, ainda, que alguns ajustes técnicos foram solicitados.

“Estes ajustes estão sendo finalizados para que os projetos sejam entregues oficialmente ao Governo do Estado ainda neste mês. Fizemos tudo da maneira mais criteriosa possível”, afirma Paludo.

A primeira etapa da obra, segundo a Sedec, consiste na construção do módulo de infraestrutura básica. Nele estão inclusos o prédio administrativo da ZPE, guarita, restaurante, espaço aduaneiro da Receita Federal, galpão de armazenagem e pátio.

Conforme o prefeito de Cáceres, Francis Maris, durante a primeira reunião do ano dos Conselhos Administrativo e Fiscal da Azpec, na última sexta-feira, 12 de fevereiro, prazos, metas, objetivos e datas definidas estão sendo cumpridas para que a ZPE de Cáceres saia do papel.

Da Redação – Viviane Petroli

Fonte: AgroOlhar

COMMENTS: E a navegabilidade do rio. O MPF vai permitir novamente?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: